Are you a motorist? Visit enistation.com
 
Your business,
our energy.
eni oil products
News

UNI EN ISO 9001:2015 Nova visão da Qualidade R&M

01 Setembro 2019, 00:00

O sistema de Gestão de Qualidade da Eni Iberia, S.L.U., obteve em Janeiro de 2019 a certificação conforme a nova norma, por parte da Entidade de Certificação SGS, relativamente aos processos de fabrico e embalamento nas nossas instalações em Gavá.
UNI EN ISO 9001:2015 Nova visão da Qualidade R&M
Esta importante conquista não é um ponto de chegada, mas sim um ponto de partida, que muda a visão da Qualidade e representa o caminho da melhoria contínua dentro de cada processo incluindo os SGQ da Eni Iberia, baseados nos pontos da nova reforma:\r\n
    \r\n
  • a cultura de risco incluída nos processos individuais
  • \r\n
  • a análise do contexto, com atenção particular às expectativas de todos os stakeholders e por isso, a sustentabilidade dos processos individuais,
  • \r\n
  • a comunicação interna e externa,
  • \r\n
  • a melhoria continua,
  • \r\n
  • a formação, 
  • \r\n
  • liderança adequada.
  • \r\n
\r\n\r\n

\r\n
\r\nA sustentabilidade representa o núcleo de todos os processos e dos elementos, os quais a nova norma destina a um negócio de longo prazo baseados em processos certificados, segundo as normas e padrões internacionais, mencionados na UNI EN ISO 9001:2015, por uma Entidade de Qualidade. Todos estes elementos, que representam desde sempre o espírito da Eni, são recolhidos nos processos operativos e enviados a todos os níveis de organização.
\r\nEsta nova abordagem oferece grandes oportunidades de melhoria de processos, com eficácia e eficiência, oferecendo garantias dos produtos e serviços dados aos nossos clientes e a todos os stakeholders. Mais uma vez a excelência da Eni antecipa as normas e diretrizes da Accredia no final da transição de 2015 e representa um grande exemplo da cultura na qualidade empresarial, além de uma referência na sua trajetória de crescimento em todo o setor de Qualidade e das Entidades de Certificação.
\r\nO que é o Sistema para a Gestão de Qualidade?
\r\nO Sistema de Qualidade, é toda a rede de processos e de recursos que o compõem, é um método de gestão que se complementa com a governação do Negócio:\r\n
    \r\n
  • A execução dos objetivos planificados; 
  • \r\n
\r\n\r\n
    \r\n
  • A satisfação das exigências e das expectativas do stakeholder.
  • \r\n
\r\n \r\n\r\n

Qual o objetivo principal com o Sistema de Gestão de Qualidade?

\r\nIntroduzir em toda a estrutura empresarial um Sistema de Gestão de Qualidade, a partir de um “esquema de processos” que contribua para a melhoria da Diretoria da gestão do Negócio.
\r\nA organização para a gestão dos processos identifica de forma transversal todas as pessoas envolvidas (internas  ou externas ao negócio) na obtenção dos resultados, o que permite construir um equilíbrio e uma relação positiva entre o gerente, empregados, funcionários, clientes, fornecedores, Instituições…(todos os stakeholders) garantindo uma sustentabilidade no que toca ao valor empresarial.
\r\n \r\n

Como pode um Sistema de Gestão da Qualidade contribuir para a gerência de uma empresa e ao mesmo tempo para a sua sustentabilidade ao longo do tempo?

\r\nDominar os processos e fazer com que eles sejam executados é o objetivo principal de um gerente, é fundamental e importante fornecer uma visão geral de todos os objetivos empresariais, incluindo todas as funções e pessoas da organização, sem ter em conta o seu nível de responsabilidade. A visão estratégica, comparada com todos os níveis, consolida a consciência que o trabalho em equipa é a base principal para o êxito da empresa: o Todo tem mais valor que cada parte individual que o compõe.
\r\n \r\n

O que é a certificação do Sistema de Gestão da Qualidade?

\r\nA certificação é o resultado de uma boa gestão do Sistema de Gestão e Qualidade de uma empresa, segundo as diretrizes da norma internacional UNI EN ISO 9001:2015, e através de o controlo e critério de uma Entidade externa credenciada.
\r\n 
\r\nPara um Sistema de Gestão, o desafio é conseguir a participação das pessoas da Empresa, das quais a sua aplicação operativa e quotidiana é a verdadeira razão da sua utilidade: a certificação não é uma meta, mas sim um parâmetro de valorização do saber fazer e de aplicação das boas práticas empresariais, com a finalidade de uma melhoria contínua.

  Back to top